Noticias

publicidade

publicidade

Aumento de casos de conjuntivite no Município de Coração de Maria


Se você mora na Coração de Maria, talvez você esteja com conjuntivite ou conheça alguém que está, não é mesmo? Nas últimas semanas, o número de casos de pessoas que estão sofrendo com o problema, aparentemente, cresceu. Há também relatos de cidades vizinhas.

"Na minha casa, eu, minha filha pegamos conjuntivite no início de maio, e dois amigos. Foi uma fase péssima, sentíamos ardência, irritação e tivemos que nos isolar para não transmitir para outras pessoas", disse a cor- mariense ao portal Coração Notícias, que conhece outras pessoas também tiveram conjuntivite. 

Em repouso e tratando da doença, em casa, a dona de casa conta como começou.

"Começou com um incômodo em um dos olhos. Depois de uns dias, piorou muito e tive a sensação de que havia uma 'pedrinha' no olho. Fui ao médico e recebi o diagnóstico. Agora estou usando dois colírios e um anti-inflamatório", relembra.

Compreender como tratar e evitar é fundamental

Durante o tratamento para o paciente com conjuntivite, alguns produtos devem ser evitados, como receitas caseiras envolvendo suco de limão e água boricada, já que o ácido bórico, presente na substância, pode causar outros danos aos olhos, que já estão fragilizados, explica uma enfermeira . 

Há alguns tipos da doença, como a tóxica (causada pelo contato direto com algum produto ou resíduo de poluição); a alérgica (que surge em pessoas que já possuem maior propensão à alergias ou que já possuem alguma, como rinite, por exemplo) e a infecciosa, a mais comum, em geral causada por vírus e bactérias transmissível entre as pessoas.

Caso a irritação permaneça por mais de sete dias, é necessário se consultar novamente com um médico. "É raro, mas em alguns casos a inflamação pode ficar mais graves e causar cicatrizes no tecido ocular, na córnea", explicou a médica. Nesses casos, pode ser que o paciente precise tomar anti-inflamatórios.

O que é conjuntivite?

A conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva, membrana transparente e fina que reveste a porção anterior da esclera e a face interna das pálpebras. Tem fácil contágio e é frequente na população.

As causas podem ser alérgica ou infecciosa (viral, bacteriana ou por irritação química) e pode se apresentar na forma aguda ou crônica.

A transmissão é feita pelo contato direto de pessoa a pessoa ou indireto, pelo uso de objetos contaminados, pelo ar, especialmente em ambientes coletivos como creches, escolas, asilos, fabricas e outros.

O tratamento é feito com a limpeza do olho e pálpebras com água limpa e fervida e antibiótico (em caso de bactérias) ou antiviral (em caso de vírus), de acordo com o tipo e o grau de resistência do agente que causa a doença.

Quais são os sintomas?

- Olhos avermelhados

- Prurido, sensação de desconforto;



- Inchaço (edema) do olho ou pálpebra;

- Lacrimejamento com a presença de secreção purulenta;

- Sensibilidade à luz (fotofobia);

- Visão borrada

Como evitar?

As principais formas de evitar o contágio por vírus passam por cuidados de higiene. Lavar as mãos e evitar contato direto com alguém que está com a doença é algo fundamental.

Já para o enfermo, é importante deixar separado e lavar bem seus objetos pessoais ligados à alimentação, como talheres, pratos e copos, bem como fronha de travesseiro, toalha e colcha de cama. Além disso, ainda que seja difícil, o paciente deve evitar coçar os olhos tanto para não irritá-los mais como também de "espalhar" os vírus, prolongando assim a cadeia de contágio.

  • Comentar com Google
  • Comentar com Facebook
Item Reviewed: Aumento de casos de conjuntivite no Município de Coração de Maria Rating: 5 Reviewed By: Alex Barbosa