Noticias

publicidade

publicidade

SEM APOIO: Atleta comariense disputa campeonato Sul-americano de Karatê e pede patrocínio


De 28 a 29 de junho acontece o campeonato Sul-americano de karatê shotokan no Chile, no centro do GYM Colégio Providencia, comariense Leticia Ferreira de Souza Oliveira, (20 anos), vai representar a cidade de Coração de Maria.

A Comariense, moradora da Fazenda Tabuleiro, filha de Ralucx Oliveira e Clemilda Ferreira a atleta, que é tri Campeã Brasileira, campeã Pan-americana em 2017 e várias vezes campeã Baiana, conta com o apoio da família e dos amigos como peça chave e ponto de equilíbrio de uma atleta e que o professor tem influência direta em sua carreira e em suas conquistas. “Se hoje posso representar minha cidade, devo isso a ele, meu formador e amigo professor ZÉ Motoca.”

Em 2017 a atleta foi consagrada campeã Pan-americana, em sua categoria. Destaca que pesar de morar em uma cidade pequena, se comparada a outras, não vê isso como um problema ou um empecilho, pelo contrário, ela tem uma relação amigável com a cidade e se recorda com carinho que tem com a população de Coração de Maria lhe apoiando. Entretanto, ressalta que um pouco mais de divulgação do esporte seria bom para quem o pratica.

O Karatê é esporte que exige muita concentração e disciplina, com cerca de 100 milhões de praticantes no mundo inteiro, de acordo com os dados da Federação Mundial de Karatê. Em Coração de Maria não é diferente e jovens como de Vitcor Hugo, que escolheu essa arte marcial como modalidade esportiva.  O pequeno esportista já se dedica ao Karatê “ele entrou no Karatê porque sua mãe Eva Lima, admira a disciplina que esse esporte trazia e o filho passou a gostar, hoje dedica boa parte do meu tempo a ele.”




A atleta de 20 anos, que ir além e sonha em participar de uma olimpíada e formar um time com alunos, para isso, o primeiro passo já foi dado. Em junho, Leticia disputa o campeonato Sul – Americano. Para que o sonho se realize, entretanto, precisa da ajuda e do apoio de patrocinadores. “A maior dificuldade é a falta de apoio financeiro para hospedagem, inscrição em campeonatos, passagens. ”
A karateca relatou que tem treinado bastante. “Quem estiver disposto a patrocinar pode depositar na conta do Banco do Banco do Brasil, agência 4494-6 conta poupança 15889-5 qualquer dúvida entrar em contato com número: (75) 9 88245064 (75) 9 8119 6311, desde já agradeço e conto com essa colaboração do povo de Coração de Maria e região, diz Leticia.”
Mesmo com todos os obstáculos que enfrentou para conseguir chegar ao nível em que está, Leticia faz questão de tecer elogios ao esporte. “Karatê é um estilo de vida. Graças a ele e o professor Zé Motoca conheço vários estados do Brasil. Requer muito sacrifício e dedicação, mas ver do que você é capaz é muito gratificante. Vale a pena!”
O termo Karatê é japonês e significa ‘Mãos vazias’, dando a entender que os atletas utilizam apenas armas naturais, como as mãos, os olhos e os braços. É um esporte que desenvolve habilidades como coordenação motora e visual. O professor Zé Motoca, conta que praticar essa arte marcial trouxe muito mais que um com condicionamento físico. “O Karatê faz aprender a lidar com as dificuldades, me ensinou a respeitar e esforçar mais em tudo que deseja conquistar .

  • Comentar com Google
  • Comentar com Facebook
Item Reviewed: SEM APOIO: Atleta comariense disputa campeonato Sul-americano de Karatê e pede patrocínio Rating: 5 Reviewed By: Alex Barbosa