Noticias

publicidade

publicidade

Tio e sobrinho são acusados de matar taxista em Feira; crime foi passional, diz polícia

Uma operação realizada na manhã desta quinta-feira (24), por policiais da 1ª Coorpin e da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu dois homens acusados do assassinato do taxista Evanildo de Souza Ferreira, no dia 19 de junho passado no bairro da Conceição, em Feira de Santana. http://centraldepoliciafsa.blogspot.com.br/2017/06/taxista-e-assassinado-no-bairro.htmlOs acusados são tio e sobrinho e a polícia descobriu que o crime foi por motivo passional. 

O coordenador regional de Polícia Civil, delegado Roberto Leal (foto) e o titular da DHPP, Gustavo Coutinho, participaram da operação que conseguiu prender os acusados. Segundo o delegado Coutinho, o crime foi cometido a mando de Marcos Mota de Jesus, 32 anos, que contratou o sobrinho John Wilian de Jesus Oliveira, 22, para emboscar e matar o taxista. O motivo, de acordo com o delegado, seria um relacionamento amoroso que o taxista  mantinha com uma adolescente de 16 anos, que também se relacionava com Marcos.
“Ele (Marcos) confessou que solicitou uma viagem ao taxista, sentou no banco da frente, e quando chegou ao local, John, que estava no banco de trás, disparou dois ou três tiros, e quando saiu do taxi efetuou mais um disparo. Este disparo transfixou a cabeça do taxista e atingiu a boca do tio. Marcos foi até socorrido para o hospital. Pelas circunstâncias, chegamos a desconfiar, a princípio, que se tratava de um latrocínio, mas depois chegamos à informação de que se tratava de crime passional”, revelou o delegado.

A polícia informou que durante as investigações as equipes da DHPP conseguiram localizar a adolescente, que confirmou os relacionamentos, e foi elucidado o crime. Com as informações, a polícia tentou prender John Wilian na semana passada, mas ele conseguiu fugir e na manhã de hoje (24) foi preso e apresentado no Complexo de Delegacias do Sobradinho.

Queima de arquivo
Em entrevista ao repórter Sotero Filho, John confessou o crime e acusou o tio de ser o mandante. Ele revelou ainda que descobriu na delegacia que o tio estava contratando uma pessoa para matá-lo, configurando queima de arquivo. John disse que teve acesso a uma conversa, via aplicativo de celular, do tio contratando um pistoleiro.

Blog Central de Polícia, com informações e foto de Sotero Filho
  • Comentar com Google
  • Comentar com Facebook
Item Reviewed: Tio e sobrinho são acusados de matar taxista em Feira; crime foi passional, diz polícia Rating: 5 Reviewed By: Alex Barbosa